jusbrasil.com.br
27 de Novembro de 2021
    Adicione tópicos

    Mostra na Assembleia destaca trajetória de informativo Negraldeia

    De 19 a 23 de novembro, a exposição “10 Anos do Negraldeia” resgata a trajetória do informativo, criado em 2002, que atua na preservação e valorização da identidade étnica e cultural negra. A mostra integra a programação promovida, de 14 a 21 de novembro, pelo Legislativo gaúcho para marcar o Dia da Consciência Negra. A abertura oficial será realizada no dia 20, às 18h30, na Galeria dos Municípios da ALRS. A visitação pode ser realizada de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 18h30, na entrada principal da Assembleia Legislativa (Praça Marechal Deodoro, 101).

    Integram a mostra 12 banners que apresentam a história do periódico, além de exemplares da publicação, que destaca temas de interesse da comunidade negra. Segundo a atual editora do Negraldeia, Maria Cristina F. Santos, a exposição busca incentivar jovens profissionais das comunicações a trabalharem por um Brasil que respeite a diversidade, dando acesso a todos à comunicação.

    O Informativo Negraldeia, é um periódico criado em 31 de dezembro de 2002, em comemoração aos 130 anos da Sociedade Floresta Aurora, tendo como responsáveis, Evandoir C. dos Santos, Oliveira Silveira, Claudiomar Carrasco Martins e Tanyara Vieira. Logo, o informativo ultrapassou os muros da Floresta Aurora e ganhou a simpatia da comunidade negra porto-alegrense. A partir de 2006, o jornal passa a ser editado pela Associação Negra de Cultura - ANdC, tendo a frente o escritor e poeta Oliveira Silveira e os militantes do movimento negro Evandoir C. Santos e Maria Cristina F. Santos. Nestes dez anos de existência, o informativo vem sofrendo várias mudanças, para fortalecer seu espaço de atuação junto aos seus leitores.

    Semana da Consciência Negra

    Em 20 de novembro, quando são completados 317 anos da morte do líder Zumbi dos Palmares, é comemorado o Dia da Consciência Negra. Para marcar a data, a Assembleia Legislativa promove uma série de atividades culturais, sessão solene e entrega de prêmios para personalidades e entidades que atuam pela valorização da comunidade negra. Todos os eventos têm entrada franca. A programação oficial, que vai de 14 a 21 de novembro, este ano tem como tema “A Educação como Instrumento de Liberdade”.

    * Com a colaboração do estagiário Adriano dos Santos

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)