jusbrasil.com.br
17 de Setembro de 2019
    Adicione tópicos

    Weber busca reversão do fechamento de escolas rurais em Tuparendi

    O líder da bancada do PSB, deputado Elton Weber, criticou durante pronunciamento da Tribunal da Assembleia Legislativa, nesta quarta-feira (11), o fechamento de duas escolas municipais rurais no município de Tuparendi, região Noroeste do Estado. Ele solicitou que a Assembleia Legislativa promova uma articulação no sentido de tentar reverter a decisão da prefeitura municipal, que alega a inviabilidade financeira das escolas. Weber disse temer pelo futuro dos 156 estudantes. Para o deputado, a educação deve ser tratada como prioridade pois dela depende a sucessão rural, especialmente nas propriedades familiares. “Cada vez que se fecha uma escola, esta, quem sabe, se abrindo vagas no presídio.”

    Weber criticou também a forma unilateral como as duas escolas foram fechadas, por decreto municipal, sem diálogo com a comunidade escolar e com o sindicato dos trabalhadores rurais. O deputado pretende conversar com o secretário da Educação, Vieira da Cunha, para verificar se o governo estadual poderia, de alguma forma, interferir. Weber lembra que ambas as escolas ficam distantes da sede do município, o que dificulta o descolamento das crianças para as aulas em outro local. A Escola Municipal Salgado filho situa-se na localidade Esquina Buriti, a 18 quilômetros da sede. Atende ao Ensino Fundamental e possui convênio com a Escola Estadual Andrea Parise, da localidade de Cinquentenário, que utiliza as instalações para a Educação Infantil. O fechamento prejudica, nestes dois casos, o total de 78 alunos. Na Escola Municipal Dez de Maio, na localidade de São Roque, foram 78 matriculados em 2014, com tendência de crescimento para 2015. “Ficamos muito preocupados com essa notícia que enfraquece diretamente a comunidade rural.

    Durante seu pronunciamento, o deputado também falou sobre os avanços obtidos nesta semana, em Brasília, quando o governo federal anunciou R$ 20 milhões e sinalizou com outros R$ 10 milhões via Secretaria de Desenvolvimento rural para amenizar a crise do leite. Weber reforçou ainda em seu discurso a preocupação com o peso da elevação dos preços do diesel e da energia elétrica na lavoura de arroz no Estado.

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)