jusbrasil.com.br
3 de Abril de 2020
    Adicione tópicos

    Monumento-túmulo de Bento Gonçalves recebe homenagens da Assembleia

    No último final de semana relembramos os feitos dos herois farroupilhas. Por todo o Rio Grande do Sul o que se viu foram as variadas formas de exaltar nossos nítidos e individualizados traços culturais. Na cidade do Rio Grande não foi diferente.

    Na tarde do último sábado, a Assembleia Legislativa prestou homenagem ao centenário do monumento-túmulo do General Bento Gonçalves, localizado no interior da Praça Tamandaré. Representando o poder Legislativo, o deputado Sandro Boka (PMDB) discursou na inauguração da placa colocada à frente dos restos mortais do general. Em seu discurso, Boka falou que a vida do general deve ser tida como exemplo, pois foi marcada pela luta e pela honra. "Rio Grande guarda os restos mortais do mais importante herói farroupilha que para propagar os ideais de igualdade, liberdade e humanidade não poupou esforços empenhando inclusive os seus próprios bens em prol de seus sonhos", falou.

    Mesmo não tendo sido um município farroupilha - uma vez que estes não conseguiram entrar na cidade - Rio Grande guarda o mausoléu de Bento Gonçalves, pois foi vencedor de um concurso público. Ao participar da competição que elegeria o melhor projeto para abrigar os restos mortais do General, Rio Grande saiu-se vencedora por apresentar o melhor projeto.

    Em agosto de 1900, os restos mortais de Bento Gonçalves foram entregues ao Município. O monumento foi encomendado ao escultor português Teixeira Lopes e custeado pela Intendência da Cidade do Rio Grande e de outros municípios.

    A transferência da urna de mármore em que estavam guardadas as cinzas de Bento Gonçalves para o pedestal do monumento ocorreu em 20 de setembro de 1909. Há exatos cem anos atrás na mesma Praça Tamandaré estavam presentes as Comissões Promotoras do monumento juntamente com a participação de todas as autoridades civis, militares eclesiásticas, consulares, colegiais e a população da colônia Italiana do Rio Grande, como era chamada na época. Na ocasião os presentes ofereceram uma palma de bronze para ser aposta ao monumento. A Banda Rossini estava presente ao ato inaugural na época e também marcou presença nas comemorações do último sábado.

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)