jusbrasil.com.br
11 de Agosto de 2022
    Adicione tópicos

    PL pretende reconhecer o Festival Canto Moleque como relevante interesse cultural do RS

    Reconhecer como relevante interesse cultural do Rio Grande do Sul o Festival Canto Moleque da Canção Nativa, sediado no município de Candiota. Este é o objetivo do Projeto de Lei apresentado pelo deputado estadual Zé Nunes (PT), na Assembleia Legislativa, nesta quarta-feira (8).

    O Festival Canto Moleque da Canção Nativa reúne novos jovens talentos da música tradicionalista gaúcha, no município de Candiota. “Trata-se de uma das mais importantes referências da cultura gaúcha para projeção de novos cantores. Em cada edição do festival, a região se torna centro da música nativista gaúcha, conta com a representação de artistas que representam dezenas de municípios de diferentes regiões. Junto ao festival são realizados grandes shows com conjuntos reconhecidos da música nativa”, descreve o parlamentar.

    Canto Moleque

    Durante o festival podem concorrer novos artistas e intérpretes de qualquer parte do Brasil e países do Mercosul, no entanto, é obrigatório que as músicas sejam cantadas em português e da linha campeira e nativista. As categorias e modalidades são: mirim masculino e feminino (até 13 anos), juvenil masculino e feminino (de 14 a 17 anos), especial masculino e feminino de (21 a 24 anos).

    Em março de 2015, o Festival reuniu mais de 60 intérpretes nas categorias mirim, juvenil e especial – masculino e feminino, vindos das mais diversas regiões do Rio Grande do Sul. Diferentes meios de comunicação transmitiram o evento para todo o Brasil, consoante com a importância deste acontecimento que há mais de 20 anos serve de oportunidade para revelar novos talentos da música tradicionalista.

    Informações relacionadas

    Cento e dez proposições estão aptas a serem apreciadas em plenário

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)