jusbrasil.com.br
14 de Dezembro de 2018
    Adicione tópicos

    Em quatro anos RS tem 356 mulheres assassinadas e 6.149 estupros

    O Rio Grande do Sul registrou nos últimos quatro anos o assassinato de 356 mulheres, vítimas de feminicídio. A média é uma mulher morta a cada quatro dias em crimes cometidos por parceiro ou ex-parceiro. No mesmo período foram registrados 6.149 estupros, média de quatro por dia. Já o número de agressões com lesão no período foi de 87.480, média de 59 mulheres por dia.

    Os dados são da Secretaria de Segurança Pública do RS em balanço feito pelo Comitê Gaúcho ElesPorElas, da ONU Mulheres, coordenado pelo deputado estadual Edegar Pretto (PT). O objetivo é alertar a população a respeito dos índices alarmantes de violência contra as mulheres no estado, e destacar o dia 6 de dezembro – Dia Internacional de Mobilização dos Homens pelo Fim da Violência contra as Mulheres.

    Para marcar a data, o Comitê também promove uma série de ações em Porto Alegre. No sábado, dia 8 de dezembro, às 17 horas, será realizada uma Blitz pelo Fim da Violência contra Mulheres, com caminhada na Orla Moacyr Scliar do Gasômetro, adesão de empresários e estabelecimentos ao Movimento ElesPorElas, shows culturais de artistas locais e distribuição de materiais informativos para conscientização dos tipos de violência e preconceitos contra as mulheres.

    Em todo mundo, 1,9 milhão de pessoas assinaram o termo de compromisso global pelo fim da violência contra mulheres. Um número que precisa aumentar para impulsionar a redução do machismo e do número de vítimas no mundo. Por essa razão, o Comitê Gaúcho ElesPorElas lidera a agenda de ações do próximo sábado.

    Mais sobre o ElesPorElas

    O Movimento mundial da ONU Mulheres, Eles por Elas (HeForShe) é um esforço global criado em 2014 para difundir a conscientização e promover a responsabilidade de homens e meninos para a eliminação de todas as formas de discriminação e da violência contra as mulheres e meninas. O Comitê Gaúcho ElesPorElas é liderado pela ONU Mulheres Brasil e coordenado pelo deputado estadual Edegar Pretto (PT). O Rio Grande do Sul foi o primeiro estado do país a aderir ao ElesPorElas, em 2015. O Comitê Gaúcho é composto por empresas, universidades, instituições públicas, artistas e clubes da dupla Grenal.

    Programação da Blitz pelo Fim da Violência contra Mulheres:

    17h – Encontro na Rótula das Cuias para caminhada

    17h45 – Encontro e adesão do Sheik Burger e ONG Cirandar

    18h30 – Shows no Gasômetro

    19h30 – Adesão do Grupo Cisne Branco + Catamarã Bela Catarina

    19h30 – Saída para passeio no Bela Catarina (somente convidados)

    20h30 – Retorno do passeio e encerramento das atividades

    © Agência de Notícias
    As matérias assinadas pelos partidos políticos são de inteira responsabilidade dos coordenadores de imprensa das bancadas da Assembleia Legislativa. A Agência de Notícias não responde pelo conteúdo das mesmas.

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)